Uganda: o preço de viver perto do Parque Nacional de Monte Elgon

8 / 2008 at 1:41 pm 1 comment

O Monte Elgon é um vulcão extinto que é a quarta maior montanha na África Oriental. Os Bagisu e os Sabiny são as duas tribos étnicas que rodeiam a montanha. Tem uma área total de 2.504 Km² nos que a área protegida do Monte Elgon cobre aproximadamente 2045 Km² com 1145 km2 do lado de Uganda e 900 km² do lado do Quênia. (Fonte: en.wikipedia.org/wiki/Mount_Elgon_National_Park)

O Parque foi designado como Área Protegida em 1992 e alberga uma diversidade de pelo menos 68 mamíferos, mais de 400 espécies de árvores, 300 prolíficas espécies de pássaros, entre outros. As comunidades que rodeiam o Parque Nacional de Monte Elgon têm freqüentemente suportado os custos e raras vezes recebido os benefícios associados com a proximidade da Floresta do Monte Elgon, portanto têm tido pouco interesse na conservação e manejo dos recursos da floresta. Em decorrência disso, as atitudes dos povos locais às vezes têm sido parciais contra o ecossistema da floresta.

As comunidades que vivem adjacentes ao parque enfrentam uma série de problemas, incluindo:

  • destruição dos cultivos, gado e propriedades pelos animais selvagens o que leva à baixa produção de alimentos e renda;
  • abandono de seus lares durante a maior parte do dia e da noite para proteger os cultivos, abandonado portanto a educação e outras atividades;
  • dedicação aos cultivos seletivos, que não incluem cultivos importantes, favorecida por animais selvagens;
  • insegurança e medo de ataque de animais selvagens e criminosos que procuram refúgio no Parque Nacional;
  • execução sumária pelos guardas florestais;
  • restrição sobre os direitos de uso tradicionais,
  • restrição sobre a pastagem de gado,
  • restrição sobre a colheita de lenha, postes de construção, fungos, mel, sapé ou folhas para cobertura, plantas medicinais e bambus, o que é uma dificuldade,
  • desaparição da coleta de frutos e caça, medicinas tradicionais e agricultura tradicional. O fim da auto-subsistência traz subalimentação e má nutrição;
  • incêndios espontâneos do parque que chegam até os quintais e destroem cultivos e outras propriedades e
  • destruição de estruturas sociais e tradição de povos indígenas com decorrente empobrecimento cultural.

A futura viabilidade das áreas protegidas em Mt. Elgon parece depender da cooperação e apoio dos povos locais. As comunidades na dianteira das áreas protegidas suportam uma carga desproporcionada dos custos associados com a conservação das áreas protegidas. Sua cooperação e apoio, no entanto, depende de se as áreas podem fornecer às comunidades locais benefícios que sejam suficientemente concretos para que as pessoas queiram manter as áreas como reservas.

Os povos locais em Mt. Elgon alegam que a Autoridade de Flora e Fauna Selvagens de Uganda (UWA) tem invadido suas terras, e portanto eles deveriam ser compensados para reduzir o conflito, porque ninguém verá a importância de um parque nacional que favorece os interesses dos ricos turistas urbanos e dos turistas internacionais.

Para que os esforços de conservação comunitários sejam bem sucedidos, as autoridades governamentais devem estar convencidas que os povos locais podem usar os recursos de forma sustentável e deve assegurar-se aos povos locais que o governo protegerá seus direitos e interesses.

Por Mwayafu M. David,
Uganda Coalition for Sustainable Development, e-mail: mwayafud101@gmail.com, o documento completo está disponível em http://www.wrm.org.uy/countries/Africaspeaks/Uganda_T
he_price_of_living_near_Mount_Elgon_National_Park.pdf

Entry filed under: Boletim 133. Tags: .

Panorama sobre o estado atual e conservação dos manguezais na África Uganda: The price of living near Mount Elgon National Park

1 Comment Add your own

  • 1. Ethan  |  8 / 2014 at 10:27 am

    When I initially commented I clicked the “Notify me when new comments are added” checkbox and now each time a comment is added I get several e-mails with the same comment. Is there any way you can remove me from that service? Bless you!

    Reply

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Previous | Anteriores


%d bloggers like this: